A maternidade por nossas mães – Parte 3

3

28 de maio de 2016 por trupematerna

IMG_2208

Foto: Arquivo familiar

A próxima mamãe a contar sua experiência sobre a maternidade é a Iraci, mãe da Kerolin.

A minha mãe! Minha mãe é a inspiração de tudo de bom na vida! Essa mulher é o meu exemplo de amor, caridade, ALEGRIA (muita alegria), dedicação, força, coragem, e se eu for listar não vai ter espaço suficiente aqui. Eu a amo muito, e depois que fui mãe esse amor se tornou inexplicável. Somos muito parecidas né mãe? Só que não (risos). Mas é por isso que precisamos tanto uma da outra.

Ela é a vovó mais novinha do pedaço, cheia de energia que chega até ser mais elétrica que os netos. Aliás, que vó maravilhosa! Brinca, cuida, conta as melhores histórias, dança, se suja junto, e defende os netos até das mães, como diria a minha sobrinha: ‘só falo diante da minha advogada vovó Iraci!’

Obrigada mãe por ser do jeitinho que é, obrigada por ter me dado três irmãs maravilhosas, obrigada pelas lembranças, obrigada, amo você!

Ela relatou com toda simplicidade a experiência de ser mãe de quatro meninas!

Boa leitura!

Ser mãe…

Aos meus 16 anos de idade pude experimentar a mais sagrada missão de ser mãe. Foi inesperado, tive medo, uma loucura na realidade, mas a melhor coisa que poderia ter acontecido!

Eu era uma criança dando a luz a uma menina linda chamada Flávia, chorei de tanta felicidade. Aprendi muito, e de uma hora pra outra me vi mãe. Mudei toda a minha vida para poder me dedicar a maternidade e logo em seguida veio outra filha, Gabriela, linda, parto natural em casa (minha mãe fez o parto). Fantástico e emocionante, conclui que nasci para ser mãe.

Mais tarde outra menina, Taissa , perfeita com jeitinho diferente e cheia de luz. Logo mais, aos 22 anos, teria a última filha, Kerolin! Linda e brava. Todas com seu jeitinho particular.

A cada dia era um novo desafio, cada uma estava em uma fase e pude aproveitar cada uma quatro vezes! Todas as partes da maternidade são maravilhosas e cada uma com sua dificuldade. Filhas e suas individualidades, umas deram trabalho no comer, outras no estudar, outras na organização da casa, outras em responder, e em muitos outros aspectos! Mas essa fase passou e vejo que fiz diferença na vida delas!

Fui mãe bem cedo e minhas filhas criaram independência cedo também, hoje me realizo com cada filha e percebo que a minha maior felicidade é ser “Mãe”. Passei por muitos desafios e alegrias e se me perguntassem hoje o que me faz feliz? Com certeza são as minhas filhas amadas e lindas. Flávia, Gabriela, Taissa e Kerolin aprendi que tudo valeu a pena. Só agradeço.

A maternidade me fez ser uma mulher mais corajosa!

Anúncios

3 pensamentos sobre “A maternidade por nossas mães – Parte 3

  1. stefanny veiga disse:

    Que linda! Tia Iraci sempre doce.

    Curtir

  2. josiane morais disse:

    Que legal oque fala de vcs são especial pude ver e conhecer um pouquinho a sua vida e agora eu mãe que sou sei como é muito bom maravilhoso obrigada meninas.

    Curtir

  3. Ana disse:

    Parabéns Iraci. Você além de linda é uma mulher vitoriosa. Acho que Glamour é isso. Ser vencedora com todos os desafios❤️

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: